21 de junho de 2007

Aperfeiçoando o Intelecto

"Para encarar a vida num novo dia - e tomar decisões significativas ou insignificatias - o que faço? Como decido escovar meus dentes ou tomar um banho? Naturalmente os hábitos prevalecem, mas quais hábitos? Porque nosso caráter - suas virtudes e vícios - é compilado sobre milhares de decisões prévias. Quem somos - nosso Ser - é formado e reformado enquanto decidimos este ou aquele caminho. Há um relacionamento simbiótico entre o que/quem somos interiormente e o que fazemos exteriomente. Quando agimos inconscientemente, exaurimos nossas virtudes e vícios do nosso interior, e estas ações tendem não somente expressar mas confirmar nosso caráter. Quando agimos conscientemente - decidir somente após considerações bem pensadas - deliberadamente ajustamos nosso caráter: tornamo-nos, por esse meio, mais virtuosos ou, evidentemente, menos."