3 de fevereiro de 2009

Morte do Eu

"Houve um dia em que eu morri: morri: morri para George Mueller. As opiniões, preferências, gostos e vontades dele morreram para o mundo, para sua aprovação ou censura; morreu até mesmo para a aprovação ou censura de meus irmãos e amigos , e, desde então, tenho me dedicado somente a me mostrar 'aprovado aos olhos de Deus'"


George Mueller, de Bristol, Inglaterra
O homem que "tinha o salmo 23 escrito em sua face"