21 de agosto de 2007

A prática do amor

9-11Que o amor que mostrarem pelos outros seja autêntico. Tenham horror ao mal. Tomem sempre posição do lado do bem. Amem-se uns aos outros com uma afeição verdadeira. Ponham os outros sempre em primeiro lugar. Não sejam nunca preguiçosos no vosso trabalho; sirvam o Senhor com todo o fervor.

12-13Alegrem-se na esperança de tudo aquilo que Deus tem planeado para vocês. Sejam pacientes nas dificuldades, orando a Deus de forma constante. Quando os filhos de Deus estiverem na necessidade, ajudem-nos. Sejam hospitaleiros.


14Se alguém vos prejudica e persegue por serem cristãos, não os amaldiçoem; orem para que Deus venha a abençoar essa pessoa.=


15Quando os outros são felizes, acompanhem-nos na sua felicidade. Se estão tristes, compartilhem a sua tristeza.


16Vivam em harmonia uns com os outros. Não sejam ambiciosos de grandezas; acomodem-se às coisas modestas. Não se julguem sabendo mais do que na verdade sabem.


17-18Não paguem o mal com o mal. Que todos constatem a vossa maneira honesta de viver. Sempre que possível e na medida em que isso dependa de vocês, tenham boas relações com toda a gente.


19-20Meus irmãos, não procurem vingar-se a si mesmos. Deixem isso a Deus, pois que ele retribuirá aos que o merecem. Pelo contrário, e como está escrito: Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; e assim amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça.


21Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem.


Romanos 12, o Livro