11 de dezembro de 2007

Tremores em Minas Gerais

Minas Gerais sofre novos abalos sísmicos

Luiz Ribeiro
Do Estado de Minas

11/12/2007
08h38-Caraíbas (MG) — O chão continuou tremendo ontem, em Caraíbas, distrito de Itacarambi, no Vale do São Francisco. Houve dois abalos: o primeiro ocorreu às 6h34 e o outro, às 8h. “Senti a terra balançar. Parecia que alguma coisa empurrava para cima”, contou o lavrador Santilho Santos Bezerra. Ele foi para a sede do município com outros moradores, depois de recolher os móveis de sua casa, parcialmente destruída. Outros abalos podem ocorrer, segundo o chefe do Departamento de Sismologia da Universidade de Brasília (UnB), Lucas Vieira Barros. Ele chegou a Caraíbas com mais quatro especialistas.

(...)

Segundo o chefe do Departamento de Sismologia da UnB, Lucas Vieira Barros, a existência de uma “fonte sismogênica” no lugar o torna propício ao surgimento de novos abalos. Barros disse que a magnitude do tremor registrado na madrugada de domingo surpreendeu os próprios técnicos da Observatório Sismológico, razão pela qual os estudos na região serão aprofundados. “Vamos analisar e avaliar todos os danos para descobrirmos o que realmente está acontecendo”, afirmou.

Indiferentes às explicações do especialista, alguns moradores de Caraíbas acreditam que o fenômeno é “sinal de fim dos tempos”. Esse é o pensamento do aposentado João Pereira de Souza, 69 anos, que teve que deixar a casa, parcialmente destruída e foi levado para um abrigo na Creche Najila Nemer, em Itacarambi. “Para mim, isso é um aviso de Deus. Estava escrito que no fim da era muita coisa de ruim iria acontecer: peste, guerra e fome. Estamos vendo filho matando pai e pai matando filho. Agora, esses tremores”, disse o aposentado. Ele lembrou que os abalos vêm ocorrendo na região desde maio: “Antes, era coisa mais fraca. Desta vez, veio para acabar com tudo de uma vez”.

+ Matéria completa
+
Geólogos têm opinião diferente sobre a causa de tremor em MG
+ Relacionados