13 de julho de 2007

nem dez

Em meio à crise que atinge o Senado e o seu presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), o corregedor da Casa, Romeu Tuma (DEM-SP), recorreu ao exoterismo para mostrar a gravidade da situação que atinge a instituição. Do plenário, Tuma comparou:

"com todo respeito ao espiritismo, nem 10 chefes de terreiro, sendo 3 da Bahia, seriam capazes de fazer um descarrego nesta Casa."

Às vésperas do recesso parlamentar, o Senado está às moscas, hoje. Renan está em São Paulo, onde pela manhã visitou, acompanhado do senador José Sarney (PMDB-MA), o também senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA), que está internado no Instituto do Coração.