8 de novembro de 2008

Sagrado e Secular

A posse e a aplicação das forças da riqueza são uma expressão tão legítima do papel redentor de Deus na vida humana quanto o ensino bíbli­co ou uma reunião de oração. Por exemplo, o chamado para dirigir fábricas, minas, bancos, grandes magazines, escolas e órgãos do Governo em prol do Reino e Deus é tão sagrado e tão difícil quanto pastorear uma igreja ou servir como evangelista.

Não há verdadeiramente uma divisão entre sagrado e secular, exceto aquela que nós criamos. Por isso, a divisão dos papéis e funções legítimas da vida humana em sagrado e secular causa um dano incalculável à nossa vida individual e à causa de Cristo. Pessoas santas devem deixar de consi­derar "as obras da igreja" como seu curso natural de ação e assumir a ordem santa na fazenda, na indústria, na lei, na educação, no sistema ban­cário e no jornalismo com o mesmo zelo manifesto na evangelização e no trabalho pastoral e missionário.

(Dallas Willard, O Espírito das Disciplinas: entendendo como Deus transforma vidas. Danprewan, 2006)

"O significado do sacerdócio dos crentes na Reforma original era que todo crente é sacerdote em toda ocupação ou vida que tenha, não só que cada crente está capacitado para fazer coisas especialmente religiosas"


(Dallas Willard, A Conspiração Divina, p.455)


+ "Jesus nunca disse "na vida espiritual" , pois para Jesus e o cristianismo tudo é espiritual." -Rob Bell - Everything is Spiritual - Now Available on DVD at www.EverythingIsSpiritual.com

+ Sempre incentivo aqui a aquisição dos livros de Dallas Willard. Dessa vez aponto para suas versões digitalizadas disponíveis na rede: http://www.ebooksgospel.com.br/?tag=dallas-willard

Leia também: Somos todos crentes -by Sandro