29 de janeiro de 2008

Suposto abuso de autoridade

A Procuradoria-Geral de Justiça encaminhou ontem (28/1) ao corregedor-geral da Justiça de Goiás, desembargador Floriano Gomes da Silva Filho, o procedimento instaurado pelo Ministério Público para apurar suposta irregularidade praticada pelo delegado de polícia Jônatas Barbosa Soares dos Santos, da comarca de Nerópolis. O procedimento foi instaurado na última semana por meio de representação de servidores do Poder Judiciário do município, que se sentiram injustiçados com o indiciamento feito pelo delegado em inquérito policial que investigou supostos crimes contra a administração pública na esfera do Judiciário local.

Ao ser ouvido pelo MP, o delegado declarou que, apesar de ter assinado o documento, o conteúdo do relatório do inquérito policial foi de responsabilidade do juiz de direito Eduardo Walmory Sanches, que estava em substituição na comarca de Nerópolis. Ainda segundo depoimentos, o inquérito policial foi repassado, ainda sem relatório, pessoalmente ao magistrado, a pedido dele, sendo devolvido dois dias depois, junto com um arquivo contendo o referido relatório. Ao encaminhar o procedimento, o MP pede à Corregedoria-Geral de Justiça a apuração de possível abuso de autoridade praticado pelo juiz.

fonte: http://www.mp.go.gov.br/index.asp